QUEM SOMOS      CADERNOS DO GREI      REVISTA OMNIA      NOTÍCIAS

ABOUT      SCIENTIFIC COMMISSION      EDITORIAL TEAM      CURRENT      ARCHIVES      SUBMISSIONS  
   
   

e-ISSN: 2183-4008 | ISSN: 2183-8720

 

    Nota Introdutória

    v.7, (2017), página 3

    ORCID Luís Sérgio Vieira
    Universidade do Algarve, Portugal
    lsvieira@ualg.pt

     Na senda do objeto constituinte da OMNIA, o número não temático que vos apresentamos inclui ingredientes científicos com diferentes olhares, uns orientados para o indivíduo outros para as suas relações sociais e económicas. Desta feita, a riqueza científica deste número está consubstanciado na diversidade temática, à qual se associam, ainda, distintos métodos (análise documental, quantitativos e outros).
    A revisão teórica em torno do construto de resiliência efetuado por Helena Ralha-Simões intenta, conforme por si assumido, desmistificar equívocos e sistematizar pontos de confluência tendo em vista destacar o carácter processual e evolutivo que lhe subjaz.
    Carlos Marques Simões debate a triangulação em torno do autismo, identidade e inclusão, tendo por finalidade fundamentar pistas conceptuais suscetíveis de sustentar futuras investigações neste âmbito.
    Compreender as relações entre a ansiedade, a satisfação com a vida e a satisfação com a escola em alunos do ensino básico, é o desígnio de Fábio Gonçalves e colaboradores.
    É extensa a lista de literatura da Psicologia Vocacional dedicada ao papel dos pais na tomada de decisão vocacional. A singularidade da proposta de Suzi Rodrigues e colaboradores reside no facto de os autores avaliarem a influência do suporte parental de modo independente para cada uma das figuras (pai e mãe) a que acrescentam o papel da autonomia na exploração e indecisão vocacional de alunos do 3.º ciclo do ensino básico.
    A competência de comunicação interpessoal é um recurso capital nas relações sociais (lúdicas, académicas ou profissionais), de qualquer pessoa. Nuria Marín Dominguez e colaboradores apresentam um estudo que avalia o grau de comunicação interpessoal em alunos mentores da Universidade de Sevilha.
    O Estado Novo é objeto de análise em duas perspetivas distintas. Ana Bordalo e colaboradores recorrem à evocação autobiográfica, definida pelos próprios como “recordação das emoções experienciadas aquando do acontecimento original”, e avaliam as consequências emocionais das memórias de experiência traumática, quer em termos de saúde mental quer em termos de atribuição de novos significados.
    Maria do Livramento Dias e Aurízia Anica analisam o processo de emigração clandestina do sotavento algarvio, dedicando-se a um fluxo menos relatado na literatura dedicada a este fenómeno. Assim, procuram responder a diferentes questões conotadas com a singularidade do fenómeno migratório luso-marroquino.
    Camilla Tiller e Ewelina Walorczyk exploram o re-interesse por destinos turísticos que tinham sido excluídos da atração turística em consequência da valorizaçãoo de novas formas de turismo, no caso, das novas tendências denominadas de Unplugged Tourism.
    Finalizamos com um artigo de Cláudia Ribeiro de Almeida que discute os impactos da dinâmica Low cost Carriers na mobilidade e nas acessibilidades aéreas na Europa, através da apresentação de case study.

   

Grupo de Estudos Interdisciplinares <grupo@grei.pt> Rua Vergílio Ferreira, n-º 11, 8005-546 Faro - PORTUGAL